Pré-encontros regionais

Atenção!!!

Prazo para envio das relatorias prorrogado até o dia 15 de agosto de 2018!

**********************

Para o fortalecimento da Rede de Articulação antes da data do I Encontro estamos convidando companheiros de diversas regiões do país a realizarem pré-encontros, durante o primeiro semestre de 2018. Quaisquer profissionais da psicologia, que tenha relação com a temática, pode organizar eventos locais com a presença de:

– Psicólogas, psicólogos e outros profissionais que trabalham com povos indígenas, quilombolas, de terreiro, tradicionais e em luta por território ou que tenham interesse nessa temática.

– Membros das comunidades, lideranças e movimentos sociais, de preferência englobando a diversidade local.

Os organizadores deverão registrar as principais discussões produzidas nos pré-encontros e enviar os relatos pelo link. Essas discussões servirão como base para o planejamento dos temas a serem abordados e das metodologias utilizadas no I Encontro da Rede de Articulação: Psicologia, Povos Indígenas, Quilombolas, de Terreiro, Tradicionais e em luta por território. A data limite para o envio de relatos dos pré encontros é 04/08/2018.

Para auxiliar na realização dos pré-encontros, preparamos dois roteiros com perguntas disparadoras para o debate. Eles também auxiliarão na produção da relatoria e no trabalho de sistematização da comissão organizadora do I Encontro, a partir do que foi produzido nos eventos locais.

Proposta de metodologia:

Os pré-encontros poderão ser realizados em formato de rodas de conversa ou grupos temáticos, tendo como referências os roteiros de perguntas abaixo. Podem ser realizados com profissionais e membros da comunidade de forma conjunta ou separada, ficando a critério da organização local. É importante que haja uma pequena apresentação do histórico e das características gerais do território onde foi realizado o pré-encontro. Sugere-se também que tenha um relator presente nas discussões para facilitar a sistematização dos temas abordados e, posteriormente, o preenchimento formulário no link. O encontro pode ser presencial ou virtual. Não há número mínimo de participantes.

Roteiro para profissionais:

1- Como a psicologia está presente no trabalho com as populações indígenas, quilombolas, tradicionais, de terreiro e em luta por território?

2- De que maneira a psicologia relaciona os conhecimentos técnicos-científicos com os saberes populares produzidos no cotidiano das comunidades?

3- Como a psicologia pode contribuir com as demandas históricas e de garantia de direitos dos povos indígenas, quilombolas, tradicionais, de terreiro e em luta por território?

4- Quais as condições do trabalho do profissional da psicologia nos territórios que vocês acompanham?

5- Há algo sobre a realidade da região onde vocês atuam que gostariam de destacar, relatar, chamar atenção? Como se dá a efetivação das políticas públicas nos territórios?

Roteiro para as comunidades

1-Já existem profissionais da psicologia atuando no território? Como é o trabalho deles?

2-Quais são as principais dificuldades enfrentadas pela comunidade e como a psicologia pode contribuir para a solução destes problemas?

3- Como a sua comunidade se organiza para superar os problemas vividos no dia a dia?

4-Há uma articulação política com outros grupos ou organizações sociais para trazer melhorias e direitos ao seu território? De que forma isso acontece?

*****************

RESUMO – Como articular pré encontros em sua região:

  1. Faça contato com parceiras/os e instituições que possam apoiar ou promover estes pré encontros em sua região.
  2. Reúnam-se e delimitem público – alvo, parceiros e locais para realização deles. Se possível, busquem relação com territórios para além dos espaços acadêmicos bem como estabeleçam diálogos com representações e/ou lideranças das populações em questão.
  3. Divulguem os pré encontros em sua região.
  4. Enviem, até dia 04/08, uma relatoria do pré encontro pelo link.

***************

 

Anúncios